Social Icons

Featured Posts

sábado, 23 de outubro de 2021

STF pretende comprar R$ 138 mil em água mineral com e sem gás

 Blog do Alex Ramos 

Os gastos do Supremo Tribunal Federal (STF) com água mineral irão subir. No início de outubro, a Corte abriu uma licitação que prevê um total de R$ 138.624 para a aquisição de água mineral com e sem gás. A informação foi dada pelo site Metrópoles.

No entanto, em 2020 a Corte realizou um processo semelhantes e gastou “apenas” R$ 90,7 mil na aquisição da água mineral. Com os novos valores, o gasto do STF com água aumentou 40,3%, já contando a inflação.

No total, o STF pretende adquirir 158.400 garrafas de 500 ml de água. Destas, são 14,4 mil com gás, ao custo de R$ 12.384; o restante é sem gás, ao custo de R$ 126.240.

O edital aponta que a água deve ser “acondicionada em garrafas plásticas, transparentes, descartáveis, com capacidade de 500 ml, com tampa de rosca e lacre de segurança. Cada garrafa deve conter data do envase (dia, mês e ano) e prazo de validade legíveis”

Cada garrafa de água com gás custará R$ 0,86. Já a garrafa de água sem gás terá custo de R$ 0,87.


Mulher derruba desconhecida com o bumbum em rua de Manaus; vídeo repercute

 Blog do Alex Ramos

Viralizou nas redes sociais nesta semana um vídeo de câmera de segurança numa rua de Manaus que mostra uma mulher derrubando outra no chão. O que mais impressionou internautas foi a forma como ela fez isso, usando o bumbum para lhe dar um golpe, sem qualquer motivo aparente. O susto foi tanto que a vítima acabou caindo na entrada de uma loja.

No momento em que a mulher se aproxima rapidamente da pedestre, que andava na direção de onde fica a câmera de vigilância, ela parecia agir com o propósito de atingi-la, mas não se sabe qual teria sido sua motivação.

Segundo o portal de notícias local "Em tempo", a situação aconteceu no último sábado, no centro da capital amazonense — e pessoa empurrada não se feriu.

Usuários do Facebook manifestaram seu espanto com a atitude da agressora por meio de comentários em publicações com as imagens.

"Já não basta torcer pra se livrar de assalto, tomar cuidado pra não ser atropelado, etc...etc... Agora tem que ficar atento com as bundadas minha nossa", afirmou uma pessoa.

"O mundo está uma loucura", resumiu um internauta, usando um emoji de risada no final do post.

"Esse é o famoso ataque tanajura", brincou mais um.


"Não sei como eu consegui viver até hoje sem uma informação dessa", declarou outro.

vídeo:


Do Extra

Futebol: Seleção de Santa Rita, inicia a decisão do Copão Coque Regional jogando fora de casa contra seleção de São Vicente Ferrer

 Blog do Alex Ramos

Com uma campanha que beira a perfeição, ante a uma única derrota em toda competição a seleção de Santa Rita, começa a decidir o título do Copão Coque Regional neste sábado, 23, em duelo contra a boa seleção de São Vicente Ferrer, sendo o primeiro jogo em São Vicente, e a segunda partida da finalíssima previsto para sábado, 30/10, em Santa Rita.

Pelo bom desempenho dentro de campo demonstrado ao longo de toda a competição com boas exibições, atletas e torcedores estão confiantes no resultado positivo fora de casa, e assim poder decidir em seus domínios com mais tranquilidade, porém os jogadores estão cientes de que no mundo do futebol surpresas acontecem e por isso é necessário manter o foco e não entrar em campo de salto alto, afinal de contas todo cuidado é pouco, e ninguém chega a uma decisão se não tiver potencial para levantar o tão sonhado, desejado e cobiçado troféu.


sexta-feira, 22 de outubro de 2021

Bolsonaro liberou emenda para Aziz às vésperas do fim da CPI, diz revista

 Blog do Alex Ramos 

O governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) começou a liberar uma "superemenda" no valor de R$ 220 milhões do senador e presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), às vésperas do fim da Comissão, que pedirá o indiciamento do chefe do Executivo Federal por uma série de crimes cometidos durante a pandemia de coronavírus no Brasil, entre os quais crime contra a humanidade.

De acordo com informações da revista "Crusoé", os recursos foram repassados pelo Ministério do Desenvolvimento Regional, e serão destinados "à reconstrução de uma rodovia estadual do Amazonas, a AM-010". A emenda em questão foi negociada pelo senador em 2019, mas o dinheiro foi liberado agora.

À Crusoé, Omar Aziz negou que a liberação dos recursos para sua emenda tenha impactado no texto final da CPI da Covid, que foi lido pelo relator Renan Calheiros (MDB-AL), na quarta-feira (20).

"Nada a ver isso aí. Depois do dinheiro depositado, vira uma questão técnica. A minha briga foi lá atrás para colocar o dinheiro. Depois que está lá, mano, esquece", declarou Aziz à revista.

Ao UOL, a assessoria de imprensa de Aziz afirmou que a emenda do senador no valor de R$ 220 milhões foi apresentada em 2019, sendo inclusive apontada como a maior daquele ano. O valor foi solicitado junto ao Ministério do Desenvolvimento Regional e autorizado ainda em dezembro de 2019.

"Mesmo se tivesse liberado qualquer valor para a obra, isto em nada influenciaria no relatório apresentado pelo Senador Renan Calheiros (MDB-AL) e muito menos interferiria na condução do Senador Omar Aziz na reta final da CPI. Omar nunca se prestaria a este papel. É um senador independente e conduziu, com total independência, os trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito", escreveu em nota.

Aziz afirma que Bolsonaro será investigado

Durante a sessão da CPI da Covid para a leitura do relatório elaborado por Renan Calheiros, o presidente da Comissão, Omar Aziz, afirmou que as provas dos crimes cometidos por Jair Bolsonaro "são muito grandes" e que o presidente será investigado, "pois ninguém está acima da lei".

Segundo o parlamentar, a Comissão "tem provas muito grandes em relação à conduta" do mandatário durante a crise sanitária no país iniciada em março de 2020. "Nenhum cidadão está acima da lei, e isso vale para o presidente Jair Messias Bolsonaro, ele será investigado sim", declarou.

Na ocasião, Omar Aziz também criticou a fala do senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) de que seu pai, o presidente Bolsonaro, teria como reação às denúncias imputadas a ele pela CPI, rir das acusações. O senador lembrou que o chefe do Executivo Federal já tinha dado "gargalhada da falta de ar" ao imitar pessoas doentes com a covid-19.

"Eu me entristeço muito por uma razão. Eu me entristeço porque agora eu estava vendo uma matéria - me mandaram um negócio aqui em que eu não quero crer - segundo a qual o presidente, quando leu o relatório, ou foi avisado do relatório, deu gargalhada", afirmou Aziz.

"O presidente deu gargalhada da falta de ar, o presidente deu gargalhada quando mandou a mãe comprar vacina. Presidente, a gente tem respeito pelo cargo de vossa excelência, é a maior autoridade deste país. Vossa excelência tenha certeza de que nós não vamos permitir que nenhum cidadão, seja a autoridade que for, ache que pode engavetar esse relatório", acrescentou.

Segundo Aziz, o relatório passa a ser não somente da CPI, mas também das vítimas da covid-19 e dos mais de 600 mil brasileiros que morreram em decorrência da doença.

"Presidente, o país precisa de afeto, e as imputações que estão sendo feitas contra a sua administração e contra a sua pessoa são imputações muito sérias. Rir neste momento... Não creio que seja uma risada de alívio; pelo contrário, a sua risada é de temor, porque a justiça vem, vem pelos homens e vem pela justiça divina."

O texto final da CPI da Covid irá para votação na próxima terça-feira (26).

Veja os crimes apontados a Bolsonaro pelo relatório final da CPI:

  1. epidemia com resultado morte;
  2. infração de medida sanitária preventiva;
  3. charlatanismo;
  4. incitação ao crime;
  5. falsificação de documento particular;
  6. emprego irregular de verbas públicas;
  7. prevaricação;
  8. crimes contra a humanidade, nas modalidades extermínio, perseguição e outros atos desumanos;
  9. crimes de responsabilidade (violação de direito social e incompatibilidade com dignidade, honra e decoro do cargo). Fonte: Do Uol

DJ Ivis é liberado após quase 4 meses de prisão por agressões à ex-mulher

 Blog do Alex Ramos 

Após quatro meses preso por agressão doméstica contra a ex-mulher, DJ Ivis saiu da cadeia. A Justiça do Ceará concedeu liberdade do produtor musical nesta sexta-feira (22) e ele foi solto no início da noite. Iverson de Souza Araújo poderá responder em liberdade aos processos. Ele é investigado pelos crimes de lesão corporal, ameaça e injúria no âmbito da violência doméstica.
DJ Ivis foi preso no dia 14 de julho, depois que vídeos de agressões contra Pamella Holanda acabaram sendo divulgados por ela nas redes sociais. A prisão aconteceu em um condomínio de luxo em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza.
Fonte: O Dia

Em Bacabeira, operação prende quatro suspeitos de homicídio

 Blog do Alex Ramos 

Uma operação das polícias civil e militar prendeu quatro pessoas e efetuou um mandado de internação provisória relacionados a um homicídio ocorrido no dia 30 de agosto, em frente à Arena Show, em Bacabeira, na Região Metropolitana de São Luís.

Além das prisões, foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão de drogas e aparelhos celulares contra os suspeitos, que são acusados de homicídios, roubo e tráfico de drogas, além de integrarem facção criminosa.

A Operação contou com a participação de aproximadamente 24 policiais civis. Após as prisões, os presos foram encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da justiça.

Do G1

Briga entre duas mulheres termina com uma esfaqueada no Maranhão

 Blog do Alex Ramos


Uma briga entre duas mulheres terminou com uma delas ferida, na tarde desta quinta-feira (21/10), na Avenida Alagoas, no Residencial Santa Rita, em Codó (MA).


Uma testemunha relatou ao Marco Silva Notícias que a suspeita, identificada como Francisca Almeida da Silva, teria ofendido e atacado a vítima, que estava com uma criança de dois anos no colo e ficou levemente ferida em uma das mãos.


“Ela cortou a mão da mãe da criança porque ela tava tentando atingir a mãe e a criança. Durante a confusão, a Francisca roubou o cordão de ouro da vítima. Eu tenho fotos da criança suja do sangue da mãe. só q não vou mandar pra não expor a criança”, detalhou a testemunha, que pediu para não ser identificada.


A Polícia Militar (PM) informou que a vítima procurou a sede da corporação relatando que havia sido esfaqueada na mão pela ex-companheira de seu marido. A equipe de plantão foi ao local da confusão, mas não conseguiu localizar a suspeita.


GRUPO MATÉRIAS POLICIAIS

 
 
Luzimar Rodrigues