Social Icons

Featured Posts

terça-feira, 17 de setembro de 2019

FRASE DO DIA: ‘JAMAIS APOIEI O GOLPE’, DIZ TEMER SOBRE IMPEACHMENT DE DILMA

Blog do Alex Ramos
 Michel Temer em entrevista ao programa 'Roda Viva', da TV Cultura - 16/09/2019 (TV Cultura/Reprodução)

O ex-presidente Michel Temer usou o termo “golpe” para se referir ao processo de impeachment que afastou Dilma Rousseff da Presidência em 2016. Em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, nesta segunda-feira 16, o emedebista cita um telefonema de Lula na época para alegar que “não era adepto” do processo. Ele diz que “tentou” impedir o avanço do impeachment e não o fez por haver grande “movimentação popular”.

Em abril daquele ano, quando o processo de impeachment ainda estava no início, o emedebista declarou, por assessoria de imprensa, que por ser professor de direito constitucional, Michel Temer tem ciência de que não há golpe em curso no Brasil” em resposta a discurso de Lula que utilizava o termo “golpe” para se referir ao caso. 

Dilma Rousseff teve o mandato cassado em agosto de 2016 após votações na Câmara e no Senado que consideraram haver crime de responsabilidade na prática de pedaladas fiscais em seu governo. Como vice-presidente, Temer tomou posse em definitivo ao fim do julgamento.

“Eu jamais apoiei ou fiz empenho pelo ‘golpe’. Aliás, muito recentemente, o jornal Folha de S. Paulo detectou um telefonema que o ex-presidente Lula me deu, no qual ele pleiteava trazer o PMDB para ‘impedir o impedimento’. E eu tentei, mas a esta altura eu confesso que a movimentação popular era tão grande e tão intensa que os partidos já estavam mais ou menos vocacionados, digamos assim, para a ideia do impedimento”, disse Temer, que acrescentou: “este telefonema do ex-presidente Lula revela, exata e precisamente, que eu não era, digamos, adepto do ‘golpe'”.

Temer faz referência a diálogos divulgados pelo jornal Folha de S. Paulo, em parceria com o site The Intercept, na última semana, que mostram Lula, em conversas grampeadas, relutando em aceitar o convite de Dilma para ser ministro da Casa Civil e tratando do assunto com autoridades da época, como Temer. A defesa do petista afirma que tais conversas enfraquecem a tese usada pelo então juiz Sergio Moro de que o ex-presidente assumiria o cargo para travar investigações sobre ele.

Ainda sobra aquele período, o emedebista disse acreditar que se Lula fosse nomeado ministro por Dilma o impeachment não teria ocorrido. “Ele [Lula] tinha bom contato com o Congresso”, avaliou Temer. A nomeação de Lula foi barrada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) após Moro divulgar trechos de uma ligação entre Lula e Dilma tratando sobre o termo de posse.
Na mesma entrevista ao Roda Viva, Temer elogiou Jair Bolsonaro pelo que considera uma “sequência” de políticas de sua gestão. O governo Bolsonaro tem um ponto positivo. Esse ponto positivo, modéstia de lado, é porque ele está dando sequência a tudo aquilo que eu fiz”, disse. 

Questionado sobre prisões recentes em operações da Lava Jato, Temer voltou a alegar que as medidas não seguiram “o devido processo legal” e acusa promotores de querem “quebrá-lo psicologicamente” pela menção a sua filha Maristela em acusação em que responde por lavagem de dinheiro.

“Depois que tentaram me derrubar do governo, e não conseguiram, tentam me quebrar psicologicamente envolvendo a minha filha”, alegou Temer.

Fonte: Revista Veja

DEPUTADO DIZ QUE PC DO B LANÇARÁ FLÁVIO DINO CANDIDATO A PRESIDENTE

Blog do Alex Ramos
O deputado federal Orlando Silva (PCdoB-BA) afirmou ontem, durante entrevista ao programa Pânico, da Rádio Jovem Pan, que o PCdoB deve mesmo lançar o nome do governador do Maranhão, Flávio Dino, como candidato a presidente da República em 2022.
Segundo ele, o objetivo é romper com um ciclo em que os comunistas ficaram marcados por ser linha auxiliar do Partido dos Trabalhadores – em 2018, por exemplo, a então deputada estadual Manuela D’ Ávila, do PCdoB do Rio Grande do Sul, foi candidata a vice-presidente na chapa do ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad.
Para Silva – que admite “muita coisa boa” nas gestões do PT -, o PCdoB precisa ter candidato para “formar torcida”. “Muita coisa boa aconteceu graças à experiência do PT. Agora, nós achamos o seguinte: está na hora de dar uma mudada. Time que não joga, não forma torcida”, declarou.
O parlamentar vê Flávio Dino como “um extraordinário candidato a presidente” porque tem uma experiência a mostrar como gestor no Maranhão.
“Flávio Dino é um extraordinário candidato a presidente. Nós vamos lançar ele candidato a presidente da República para fazer diferente. Lá no Maranhão ele tem feito uma revolução focando na educação. E é siso que nós queremos experimentar no Brasil”, completou.
Há pouco mais de um mês, durante entrevista que concedeu ao jornalista Bob Fernandes, da TV Educativa da Bahia, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) também fez uma menção a possível candidatura de Dino (reveja).
Do Blog do Gilberto Leda

GOVERNO ESTUDA CONGELAR SALÁRIO MÍNIMO NOS PRÓXIMOS ANOS

Blog do Alex Ramos
 Foto: Pilar Olivares / Reuters
A equipe econômica estuda retirar da Constituição Federal a previsão de que o salário mínimo seja corrigido pela inflação. A ideia é que, em momentos de grave desequilíbrio fiscal, como o atual, haja condições de congelar mesmo os aumentos nominais (ou seja, dar a variação da inflação) da remuneração por alguns anos, até que a saúde das contas seja endereçada.Oficialmente, porém, a proposta de orçamento para o ano de 2020 prevê aumento do salário mínimo dos atuais R$ 998 para R$ 1.039 a partir de janeiro do ano que vem, levando em conta a variação da inflação. Há quem defenda, no entanto, não dar nem mesmo a inflação como reposição salarial para abrir espaço no Orçamento para despesas de custeio da máquina pública e investimentos.
Como o Estado mostrou, o Orçamento de 2020 pode começar com um alívio de R$ 202,6 bilhões entre redução de despesas, aumento de receitas e diminuição da dívida pública, caso o Congresso Nacional aprove uma proposta que aciona mais rapidamente medidas de contenção dos gastos já previstos na Constituição e cria novos freios para as contas.
A ideia tem sido costurada com os deputados Pedro Paulo (DEM-RJ) e Felipe Rigoni (PSB-ES), respectivamente autor e relator de uma proposta que regulamenta a regra de ouro e tenta limitar o crescimento dos gastos obrigatórios. "Podemos apresentar uma proposta que preveja, por exemplo, não ter o reajuste por um ou dois anos em momentos de dificuldades fiscais. E isso abriria espaço para que outros benefícios também não sejam corrigidos", disse uma fonte do governo.
Hoje, a Constituição prevê que é direito social do cidadão ter acesso a um salário mínimo "com reajustes periódicos que lhe preservem o poder aquisitivo". Assim, o governo se vê obrigado a, todos os anos, recompor ao menos a inflação. Até o ano passado, a política de reajuste fixava uma correção pelo Índice de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior mais o Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes. Com o vencimento desse modelo, o governo se debruça sobre uma mudança.
A política de aumentos reais (acima da inflação) vinha sendo implementada nos últimos anos, após ser proposta pela então presidente Dilma Rousseff e aprovada pelo Congresso.
Os reajustes pela inflação e variação do PIB vigoraram de 2011 a 2019, mas nem sempre o salário mínimo subiu acima da inflação.
Em 2017 e 2018, por exemplo, foi concedido o reajuste somente com base na inflação porque o PIB dos anos anteriores (2015 e 2016) teve retração. Por isso, para cumprir a fórmula proposta, somente a inflação serviu de base para o aumento.
Segundo o próprio Ministério da Economia, cada R$ 1 a mais de aumento no salário mínimo gera um gasto adicional de R$ 302 milhões ao governo. Isso porque uma série de benefícios sociais, como o benefício de prestação continuada (BPC) e o abono salarial, é indexada ao salário mínimo e tem, por isso, um aumento proporcional.
Com as contas apertadas, o governo quer encontrar formas de enxugar as despesas obrigatórias para abrir espaço no Orçamento e no teto de gastos. A percepção interna é de que já não há muito espaço para cortes no gasto discricionário. Além disso, há um entendimento de que será muito difícil manter a máquina pública funcionando devidamente no formato previsto no Orçamento, com discricionárias (custeio da máquina pública e investimentos) fixadas em R$ 89,161 bilhões. A contenção do aumento do salário mínimo, com consequente efeito sobre o avanço do gasto com benefícios sociais, é uma das principais apostas do governo para diminuir o peso da despesa obrigatória.
 Do Terra

POLÍCIA INVESTIGA ASSASSINATO DE MÃE NA FRENTE DO FILHO EM ESTREITO, NO MA

Blog do Alex Ramos

 Dayara Maia foi morta com um tiro e o principal suspeito é o marido, Vilson de Sousa — Foto: Divulgação/Polícia Civil
A Polícia Civil investiga a morte de Dayara Maia Ferreira Lima, de 25 anos, na zona rural do município de Estreito, na região sudoeste do Maranhão. Segundo a polícia, o crime aconteceu no domingo (15), na frente do filho de sete anos.

De acordo com o delegado de Estreito, Antonio Luiz, o principal suspeito do crime é Vilson de Sousa Marinho, esposo de Dayara, que fugiu e ainda não foi encontrado. As motivações ainda são investigadas.

"A informação é mesmo de feminicidio, mas as investigações apenas começaram. O suspeito tinha arma em casa e foram apreendidas", afirmou o delegado.

Do G1

segunda-feira, 16 de setembro de 2019

POLÍCIA CIVIL PRENDE HOMEM POR TRÁFICO DE DROGAS EM SÃO JOSÉ DE RIBAMAR

Blog do Alex Ramos
Na manhã desta quinta-feira (12), a Polícia Civil do Estado do Maranhão, através da SPCC, SAISP LESTE e DECOP, efetuou a prisão em flagrante do nacional Paulo Roberto Santos Lima (20) tendo sido encontrado no interior de sua residência situada no Residencial Saramanta, região conhecida como Morro do Urubu , em São José de Ribamar.
Foram apreendidas 217 (duzentos e dezessete) ‘buchas’ de substância vegetal esverdeada, popularmente conhecida como maconha e 60 (sessenta) pedras de substância sólida de cor amarelada, popularmente conhecida como crack , todas já embaladas para a comercialização.
Durante a apuração do fato , o investigado confessou o crime , além de informar que cada ‘bucha’ de maconha seria vendida pela quantia de R$ 5,00 (cinco reais), enquanto que cada pedra de crack seria vendida a R$ 10,00 (dez reais). O autor já foi indiciado perante a delegacia da Cidade Operária por 02 (dois) assaltos realizados na região da Maiobinha.
POR : ASCOMSSP

APROVEITE LANÇAMENTO DO 1º LOTE DE INGRESSOS PARA O FESTEJO DE SÃO BENEDITO DA CASA DO FORNO EM MARENGO

Blog do Alex Ramos
Está cada vez mais próximo o grande dia de um dos maiores festejos da região, com números que superam as expectativas de público com lotação máxima, FESTEJO DE SÃO BENEDITO DA CASA DO FORNO, em em Marengo, Santa Rita-Ma.

Atrações confirmadas: Mesa de Bar, Thales Lessa, Paredão Evolution Prime e radiola Freedom FM.

Adquira logo seu ingresso ANTECIPADO COM DESCONTO por apenas R$ 25,00 e aproveite o lançamento do 1º lote.

locais de venda:

Frangão na Brasa;
Loja M J Modas e Sports;
Mercearia Mendes (Povoado Olhos D'água);
Mercearia  3M (povoado Marengo).

IVETE SANGALO É BARRADA POR SEGURANÇA AO TENTAR "INVADIR" SHOW DE MARÍLIA MENDONÇA

Blog do Alex Ramos
 (Foto: divulgação/Fred Pontes)
Fonte: Rede TV!
Ivete Sangalo barrada em show de Marília Mendonça? Embora pareça bastante estranho, isso realmente aconteceu durante apresentação da “Rainha da Sofrência” no Salvador Fest, na Bahia.
Gravidíssima, a loira se preparava para iniciar sua apresentação quando Veveta entrou no palco. Não é que um segurança pensou que a musa do axé era, na verdade, uma fã enlouquecida tentando invadir o palco para se aproximar de Marília?
O homem segurou Ivete pelo braço e logo percebeu a gafe. Tudo não durou mais que alguns segundos, mas foi o suficiente para o vídeo cair na rede e divertir os internautas.
No trecho da transmissão ao vivo do evento que viralizou, as duas artistas se abraçam. Emocionada, Marília ainda dá uma “bronca” na colega. “Vai me fazer chorar aqui? No começo do show! Uma invasão dessa, vou falar um negócio, viu? Um beijo, meu amor. Obrigada!”, agradeceu.
Em seu Stories, a própria Ivete, que também se apresentou no evento, publicou o vídeo do abraço na sertaneja. “Fã demais dessa mulher”, destacou.
 
 
Luzimar Rodrigues