Social Icons

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

SINISTRO: HOMEM É PRESO POR “ARRANCAR” CABEÇA DE JOVEM, NA VILA JANAÍNA


Blog do Alex Ramos
No bairro Vila Janaína, policiais militares do 6° BPM prenderam um suspeito considerado de alta periculosidade, além de ser suspeito de homicídio brutal em fevereiro de 2018.
Jhon Anderson Benício de Sá, mais conhecido como “Loirinho”, de 23 anos, foi capturado após a PM receber denúncias de que ele estaria em uma festa, no bar Barraca de Pau, na Cidade Operária.
A policia se deslocou e ao chegar no endereço da denúncia encontrou Loirinho repassando uma “cabeça” de cocaína a um usuário. Após busca pessoal em Loirinho, foram encontradas mais nove cabeças de cocaína.
Cientes da informação de que o suspeito estaria com ordem de prisão e deveria estar sendo monitorado por tornozeleira eletrônica, Loirinho disse que o aparelho estava em sua residência.
Eles foram na casa do suspeito onde foi feita uma busca no imóvel, sendo encontrada uma espingarda calibre 36, com uma munição intacta, 63 papelotes de maconha, um rolo de filme plástico, balanças de precisão e materiais utilizados para o preparo e mistura na comercialização da cocaína.
Loirinho e o material apreendido foram apresentados na Delegacia Especial da Cidade Operária (Decop) para o cumprimento do mandado de prisão preventivo e procedimentos legais relativos ao flagrante de tráfico e posse de arma de fogo.
O mandado de prisão preventivo expedido pela Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) refere-se a um jovem encontrado morto dentro de um saco de lixo, decapitado, na vila Janaína, em fevereiro de 2018. Jhon Anderson ainda é suspeito de roubos e outros crimes na região da Cidade Operária.
Do Portal Guará


Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
 
Luzimar Rodrigues