Social Icons

terça-feira, 3 de setembro de 2019

EDITORIAL: QUEM OLHARÁ POR MIM QUANDO EU DEFENDO QUEM ME IGNORA?

Blog do Alex Ramos
Imagem da internet
A Pouco mais de 1 ano para as eleições de 2020 para a escolha de novos representantes do povo (prefeitos e vereadores), o fundo eleitoral pode atingir as cifras faraônicas de R$ 3,7 BILHÕES, isso mesmo, R$ 3,7 BILHÕES, se por ventura, o congresso aprove o maior financiamento público da história de um país até então tido como quebrado sem recursos para financiar saúde, estradas, educação enfim, muito contraditório e escroto ao mesmo tempo.

Em 2018, para o pleito de presidente, governador, senador e deputado estadual e federal o fundo eleitoral foi de R$ 1,7 bilhão, valor abaixo da metade pretendido pelos partidos.
Para se ter uma ideia, O PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro vai abocanhar R$ 480 milhões de reais, enquanto o PT, levará R$ 463 milhões de reais, como pode da noite para dia os valores aumentarem tanto? Será o milagre da multiplicação?
Enquanto os cidadãos defendem com garras e unhas LULA, DILMA E BOLSONARO, só para citar alguns exemplos, o povo continua a mercê de quem aparentemente finge defender o seu direito, da grande massa, seja nordestino ou sulista, uma vez que na prática os ricos e poderosos se complementam enquanto que o povão se lamenta e compadece em meio a tanto fogo cruzado.
Aguardamos 2020, para escutarmos as mesmas promessas e soluções, inclusive com recursos financeiros mais do que suficientes que deverão acabar com todas as mazelas da sociedade.
Texto: Alex Ramos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
 
Luzimar Rodrigues