Social Icons

sexta-feira, 25 de outubro de 2019

COM FLAMENGO X GRÊMIO, GLOBO BATE RECORDES DE IBOPE


Blog do Alex Ramos
 Gabigol comemora gol pelo Flamengo contra o Grêmio: Globo marcou grande Ibope (Reprodução/Globo)
A Globo está comemorando nesta quinta-feira (24) os índices de audiência que conquistou com a semifinal da Copa Libertadores entre Flamengo x Grêmio, realizada nesta quarta (23) no Rio de Janeiro e que terminou num placar impressionante de 5 a 0 para o rubro-negro carioca.

Segundo dados consolidados de audiência, confirmados pela Globo, a partida teve grandes números em São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre. Na capital paulista, o jogo marcou 32 pontos de audiência com 48% de participação. Foi o recorde da Libertadores em 2019, inclusive dos jogos envolvendo times paulistas.
No capital fluminense, os índices foram extremamente imponentes. Foram 52 pontos de média, com 55 de pico e 70% de participação. Ou seja, 7 em cada 10 domicílios estavam ligados na partida. Foi a maior audiência histórica de um jogo da Libertadores no Rio de Janeiro, segundo a Globo. A emissora diz que não se tem registro de uma audiência maior em partidas da competição, desde 2000, quando o IBOPE estabeleceu o novo parâmetro de medição de audiência.

A audiência do jogo se iguala a partidas decisivas da Seleção Brasileira. É a média mais alta desde as oitavas de final da Copa do Mundo 2018. Brasil x México fez 56 pontos no Rio de Janeiro, por exemplo. Excluindo os jogos da seleção, é a maior audiência em 15 anos, desde que o Flamengo disputou a final da Copa do Brasil com o Santo André (53 pontos).

Por fim, em Porto Alegre, mesmo com a derrota do Grêmio, o jogo fechou com 46 pontos e 66% de participação. Foi o recorde da Libertadores em 2019. Além disso, foi a maior audiência da Libertadores desde a final Lanus x Grêmio, em 2017, que registrou 51 pontos. Por fim, superou em 2 pontos (5%) a audiência do primeiro jogo da semifinal da Libertadores, entre Grêmio e Flamengo, em 2 de outubro.

Fonte: Observatório da televisão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
 
Luzimar Rodrigues