Social Icons

domingo, 7 de fevereiro de 2021

Cantor do Molejo admite relação sexual com MC: ‘Consensual’

 Blog do Alex Ramos

O cantor do grupo Molejo, Anderson Leonardo, admitiu, durante depoimento à Polícia Civil nesta sexta-feira (5), que manteve relações sexuais com o funkeiro Maycon Douglas Porto do Nascimento Adão, o MC Maylon, de 21 anos, que o acusa de estupro. No entanto, o vocalista afirmou que tudo ocorreu de “maneira consensual”.

Anderson chegou à 33ª Delegacia de Polícia, em Realengo, por volta das 14h30. Ele foi intimado a prestar esclarecimentos sobre a acusação de estupro, feita por MC Maylon. De acordo com o jovem, o abuso aconteceu no dia 11 de dezembro do ano passado, em um motel na Zona Oeste do Rio. Maylon disse ainda que o cantor deu tapas em seu rosto e o obrigou fazer sexo com ele.

Ainda nesta quinta, Maycon entregou ao delegado uma cueca e um sabonete, supostamente usados no dia do crime. O material será enviado para análise, em que os peritos irão verificar se há sêmen de Anderson presente.


ABUSO

Em sua denúncia, MC Maylon contou que saiu de casa por volta da meia-noite, para uma reunião de trabalho com Anderson. Após a reunião, o vocalista teria levado o rapaz a um motel próximo. Já no local, Maylon alega ter sido agredido e obrigado a manter relações sexuais com o cantor. Após acordar, o funkeiro diz que foi deixado em uma rua próxima ao estabelecimento.


Anderson Leonardo, por sua vez, divulgou nota negando veementemente as acusações. Ele ainda se disse “surpreso” com o caso.


– O cantor esclarece ainda que lamenta profundamente as declarações envolvendo seu nome, refutando qualquer ato de violência contra quem quer que seja, negando categoricamente a acusação completamente falsa de agressão sexual, feita em seu desfavor. Em mais de 30 anos de vida pública, jamais tivera seu nome ligado a qualquer ato criminoso ou que viesse a desabonar ou macular a sua imagem e carreira, seja de sua vida profissional ou pessoal – diz o comunicado.


Do JIB

Um comentário:

 
 
Luzimar Rodrigues