Social Icons

sexta-feira, 6 de agosto de 2021

Em cenário macabro, filho mata os pais com golpes de faca e se suicida

 Blog do Alex Ramos

O crime aconteceu em Vila Velha, no Espírito Santo. A polícia trata como duplo homicídio e as investigações buscam elucidar o mistério que envolve as mortes.


Polícia Civil do Espírito Santo informou nesta quinta-feira (5/8) que a Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Mulher (DHPM) assumiu as investigações sobre o duplo homicídio ocorrido na quarta-feira (4/8) em Vila Velha, porque uma das vítimas era do sexo feminino.

A cena do crime intrigou os policiais. Havia várias inscrições com tinta vermelha no apartamento onde foram encontrados os corpos do médico urologista Paulo de Oliveira César, de 68 anos, e de sua esposa, Raquel Heringer César, de 61.

Eles foram encontrados sem vida, no apartamento da família, em Itapuã, Vila Velha, mortos pelo próprio filho, Guilherme Heringer Cesar, de 22, que se matou em seguida.

As mensagens foram escritas em vários lugares do apartamento. Em uma folha da Bíblia, no livro de Apocalipse, estava escrito: “Festejai, ó céus, o diabo desceu até vós. Pouco tempo lhe resta.”

Também foi escrito na Bíblia a frase “ele me obrigou”. Cruzes foram pintadas nas paredes e nos espelhos do guarda-roupa. Nas portas dos quartos e parede, foi pintado o número 666, da besta do Apocalipse, em grande formato e tinta vermelha.

O médico Paulo de Oliveira Cesar também atuava como pastor na Igreja Missão, na Praia da Costa, em Vila Velha. Ao chegar à cena do crime, os policiais viram que o casal dormia em quartos separados. Durante a madrugada, o filho teria atacado a mãe com uma facada no pescoço.

De acordo com os policiais, o médico teria escutado gritos desesperados da mulher enquanto era atacada, se escondeu no banheiro. O filho o perseguiu e os dois entraram em luta corporal, porém, o médico foi assassinado com vários golpes de faca. Na sequência, o filho se matou.

A arma utilizada no crime e um notebook do suspeito foram apreendidos e encaminhados à perícia. Familiares estiveram no Departamento de Homicídios na quarta-feira e prestaram depoimento.



Os corpos foram encaminhados para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória, para serem liberados para os familiares e para ser feito o exame cadavérico. 


Fonte: Macajuba acontece

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
 
Luzimar Rodrigues