Social Icons

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2022

Mulher morre estrangulada pelo próprio cabelo em entrevista de emprego

 Blog do Alex Ramos 

Uma mulher morreu estrangulada por seu próprio cabelo depois que ele ficou emaranhado em uma máquina de fábrica que arrancou seu couro cabeludo, durante uma entrevista de emprego. O caso aconteceu na fábrica Svarmet em Borisov, Bielorrússia, que produz fios de solda e eletrodos. As informações são do jornal britânico Daily Mail

A publicação informou que Umida Nazarova, de 21 anos, estava grávida de quase dois meses. A jovem se candidatava a um novo emprego. Quando funcionários seniores mostravam a fábrica para ela, seu cabelo solto ficou preso em uma máquina e enrolou em seu pescoço. 

A mãe de Umida, Olga, relatou que a garganta dela estava ferida e que "se seu couro cabeludo não tivesse sido arrancado, ela teria sido estrangulada ali mesmo pelos próprios cabelos."

Além de perder o bebê, a jovem sofreu ferimentos muito graves e não recuperou a consciência, sendo declarada como morta um tempo depois do incidente. Para o pai da vítima, Dmitry, criticou os responsáveis pela fábrica. "Eles viram que ela tinha cabelo comprido, então por que não lhe deram algo para cobri-lo?", questionou ele. 

O Comitê de Investigação da Bielorrússia afirmou que o funcionário responsável pela entrevista mostrava a fábrica para a jovem e parou a apresentação por alguns instantes para fazer um registro. No momento que ele se virou novamente, a vítima já estava deitada no chão inconsciente e o cabelo dela emaranhado na máquina.

O profissional foi condenado pelo tribunal por "não cumprimento de seus deveres oficiais devido a atitude desonesta e negligente, causando a morte de uma pessoa".

Do SBT NEWS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
 
Luzimar Rodrigues