Social Icons

domingo, 2 de julho de 2023

Homem confessa que matou a companheira e guardou o corpo dela por 4 dias em geladeira, diz polícia

 Blog do Alex Ramos 

Um homem confessou que matou a companheira e guardou o corpo dela em uma geladeira por 4 dias, no Setor Expansul, em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital, segundo informações da Polícia Militar (PM). O homem foi autuado em flagrante pelos crimes de feminicídio e ocultação de cadáver.

Por não ter tido o nome divulgado, o g1 não conseguiu localizar a defesa do suspeito até a última atualização desta reportagem.

À PM, o suspeito afirmou que foi ameaçado de morte pela companheira e que, por esse motivo, tentou impedi-la de sair de casa, a enforcando. Segundo ele, a mulher desmaiou e bateu a cabeça no chão, momento em que começou a sangrar muito.

Na sequência, o homem alegou ter saído de casa e, ao voltar, percebeu que a mulher estava morta. Ele então relatou ter embalado o corpo dela em um saco plástico e colocado dentro da geladeira.

O suspeito já possuía passagens pela polícia pelos crimes de roubo e homicídio.

A Polícia Militar fazia patrulhamento na rua e percebeu a atitude suspeita do homem. Ele foi revistado, mas nada foi encontrado nada com ele. Depois, o suspeito permitiu a entrada dos militares em casa, mas, em seguida, ele fugiu pulando os muros de residências vizinhas.

Os policiais seguiram com a revista na casa e encontraram sangue na geladeira, ao abrirem o eletrodoméstico, foi possível avistar um saco preto aberto com o corpo da mulher.

De acordo com a PM, na casa, havia vestígios de sangue e geladeira estava apoiada com um pedaço de madeira e envolvida com fita adesiva.

Do Extra 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
 
Luzimar Rodrigues