Social Icons

quinta-feira, 17 de agosto de 2023

Ex-namorada de professora, adolescente ajudou a amarrar vítima e colocar o corpo dentro de mala para ser queimada

 Blog do Alex Ramos 

A adolescente de 14 anos, ex-namorada da professora Vitória Romana Graça, de 26, participou ativamente do assassinato da vítima, segundo depoimento de tio. À polícia, Edson Alves Viana Junior afirmou que a menina — apreendida na última sexta-feira, após o crime — ajudou a imobilizar Vitória, assistiu à tortura e auxiliou à mãe a colocar corpo em mala para a mulher ser queimada. Além disso, de acordo com o relato, jovem também foi a casa da ex-companheira para furtar pertences.

A professora Vitória Romana Graça, de 26 anos, encontrada carbonizada na última sexta-feira, chorou afirmando “a todo tempo” obedecer aos agressores e implorando para que não lhe fizessem mal. A revelação é de Edson Alves Viana Junior, terceiro suspeito de participação no crime, à Polícia Civil, na tarde desta quarta-feira. O homem confessou ter auxiliado no sequestro e na morte de Vitória ao lado da irmã Paula Custódio Vasconcelos e da sobrinha.

No dia 10 de agosto, Paula foi à escola onde Vitória trabalhava para questioná-la sobre o porquê de ela ter sido bloqueada nos perfis da professora, além de pedir mais detalhes sobre o término entre ela e a sua filha. As duas conversaram por cerca de 15 minutos e decidiram, depois de insistência de Paula, encontrarem-se na residência da mulher, em Senador Camará, na Zona Oste do Rio.

Fonte: Extra 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
 
Luzimar Rodrigues