Social Icons

segunda-feira, 5 de agosto de 2019

DEPUTADOS FEDERAIS TÊM DIREITO A 70 MÉDICOS DE 17 ESPECIALIDADES

Blog do Alex Ramos
 Deputado Marco Feliciano: Despesa de R$ 157 mil com tratamento odontológico faz parte do rol de benefícios na área de saúde a que os deputados têm direito (Vinícius Loures/Câmara dos Deputados/Agência Câmara)

Em reportagem publicada no domingo, 4, pelo O Estado de S. Paulo mostrou que uma das despesas aprovadas pela Mesa Diretora foi um tratamento odontológico no valor de R$ 157 mil realizado pelo Pastor Marcos Feliciano(Podemos-SP).

O reembolso pedido pelo deputado foi negado em abril deste ano pela equipe técnica, mas, após ele ter recorrido da decisão, foi aprovado posteriormente. “Sou político e pregador. Minha boca é minha ferramenta”, declarou o deputado, reconhecendo que o procedimento foi “caro”.
O plano de saúde oferecido aos parlamentares da Câmara conta com cobertura em rede nacional, ligado à Caixa Econômica Federal, nas áreas médico-hospitalar, odontológica, fisioterápica, fonoaudiológica, psicossocial, médica domiciliar (home care) e psiquiátrica. O contrato é uma das despesas fixas mais altas da Câmara. Assinado em 2017, ele custa ao Parlamento R$ 445 milhões por dois anos de vigência.
Além do plano de saúde, a Câmara possui uma estrutura médica equivalente a um mini-hospital, que inclui tomógrafo e uma UTI móvel, com 70 médicos disponíveis no local para deputados (ativos e inativos), servidores e seus dependentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
 
Luzimar Rodrigues