Social Icons

quinta-feira, 19 de setembro de 2019

EDUCAÇÃO INCLUSIVA: ROMPENDO OS DESAFIOS DA SALA DE AULA, DESENVOLVENDO PARA A VIDA

Blog do Alex Ramos
A Equipe de reportagens da VTV, a maior emissora da região com sede em Santa Rita, esteve acompanhando os trabalhos dos profissionais que compõem a Atenção Educacional Especializado-(AEE), que funciona em uma sala do Colégio Militar.

A coordenadora da educação especial Carla Salazar, a professora Carmem Lúcia e a Assessora da coordenação pedagógica Juliana dos Reis estiveram presentes e falaram sobre o delicado tema que é ignorado por quase 99% da população brasileira.

Além de aprender a adaptar o planejamento e os procedimentos de ensino, é preciso que os educadores olhem para as potencialidades dos alunos, e não apenas para suas limitações.

Adaptar as atividades para cada criança é fundamental para que se tenha um excelente desenvolvimento psicossocial da criança; usamos metodologias lúdicas para que a criança assimile o que está sendo visto de maneira prazerosa, sem nenhuma pressão; usamos a forma lúdica onde se aprende brincando", frisou a professora Carmem Lúcia 

A educação especial como  modalidade de ensino ainda está se difundindo no contexto escolar, mas o que fazer para que ela se torne efetiva? 

Segundo a coordenadora da educação especial Carla Salazar, "tem sido através de políticas inclusivas, com atuação presente do secretário Paulo Márcio e do gestor Dr. Hilton Gonçalo, de maneira que a sala do AEE, foi aberta em sua administração para que se garantisse o direito das crianças do município de frequentarem a sala de apoio afim de que se trabalhe suas competências e habilidades, independente da sala de regular ou de apoio".

A Assessora da Coordenação Pedagógica Juliana dos Reis, disse que, "no contexto da sala de aula de atendimento educacional especializado-(AEE), as crianças vão ter condições de receber apoio pedagógico para que consigam trabalhar suas potencialidades, uma vez que todas são capazes de superar suas limitações".


Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
 
Luzimar Rodrigues