Social Icons

terça-feira, 22 de outubro de 2019

ACUSADO PELA MORTE DE TRÊS CRIANÇAS EM BACABAL É PRESO NO PARÁ

Blog do Alex Ramos
A Polícia Civil do Estado do Pará, deu cumprimento no último sábado (19), ao mandado de prisão temporária contra Francisco Alves da Silva, conhecido popularmente como “Chiquinho”, pela prática de homicídio qualificado contra três crianças em março de 2016. A morte das crianças aconteceu no município de Bacabal, distante 246 km de São Luís no Maranhão.
As três crianças, Tiago, de seis anos, David José da Silva, oito anos e José Armando Pereira da Silva, 11 anos, estavam jogando bola no dia do ocorrido, quando supostamente a bola que eles brincavam caiu no quintal da casa “Chiquinho”. Ao irem buscar a bola um dos garotos acabou tocando no arame que, além das farpas, continha corrente elétrica. Ao tentarem ajudar uns aos outros, eles acabaram todos eletrocutados.
Ao perceber a tragédia, Francisco Alves fugiu, ele ainda chegou a ser perseguido por parentes das vítimas, mas acabou sendo mais rápido e utilizando uma motocicleta, conseguiu fugir.
As polícias militar e civil na época, foram ao bairro Vila da Paz e além de colherem indícios sobre o fato, também realizaram buscas no bairro na tentativa de prender o suspeito de ter colocado eletricidade nas pernas de arame que provocaram a morte das três crianças.
Revoltada com o caso, a população ateou fogo na casa de Francisco Alves. As investigações da Delegacia de Policiai do 1º Distrito de Bacabal resultaram na expedição do mandado de prisão preventiva. Porém, “Chiquinho” estava foragido desde então.
A informação do paradeiro do acusado que estava em Dom Eliseu no Pará, foi repassada à Polícia Civil de Bacabal,  ainda no sábado (19). Uma equipe do 1° DP de Bacabal composta pelo Delegado Daniel Antunes e os investigadores Fernando Tomaz partiram para a cidade paraense de Dom Eliseu, no intuito prender Francisco Alves da Silva.
Durante a viagem a equipe da Polícia Civil manteve contato constante com os policiais paraense. Após ser montado um cerco no local indicado em que Chiquinho estaria, as equipes policiais conseguiram efetuar sua prisão.
Após todos os procedimentos Francisco Alves foi recambiado para Bacabal, onde está à disposição da Justiça para eventual julgamento pelo Tribunal do Júri.
Do Enquanto Isso No Maranhão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
 
Luzimar Rodrigues