Social Icons

quarta-feira, 2 de outubro de 2019

HOJE VAI SER JULGADO O MANDADO DE SEGURANÇA DO CASO ADÉLIO BISPO


Blog do Alex Ramos
“Hoje vai ser julgado o mandado de segurança do caso Adélio”, afirmou Bolsonaro em rápida conversa com jornalistas.
Ao deixar o Palácio da Alvorada, nesta quarta-feira (2), o presidente da República, Jair Bolsonaro, continuou ignorando os membros da imprensa.
Na última segunda-feira (30), o chefe do Executivo disse que não falaria com os jornalistas na saída do Alvorada até que uma “matéria real do que aconteceu na ONU” fosse produzida.
Após uma rápida parada para fotos com apoiadores, Bolsonaro fez um breve anúncio aos jornalistas:
“Só uma notícia para vocês. Hoje vai ser julgado o mandado de segurança do caso Adélio. Se for favorável, tem muita chance de descobrir quem foi que mandou me matar.”
Frederick Wassef, advogado do chefe do Executivo, disse ao jornal Estadão que havia uma “organização criminosa” por trás da tentativa de assassinato do presidente:
“Era necessário provar que Adélio não é louco. É um assassino profissional e foi pago para isso.”
Mais cedo, em entrevista, o procurador-geral da República, Augusto Aras, defendeu o aprofundamento das investigações sobre a facada sofrida por Bolsonaro:
“Acredito que devesse merecer aprofundamento das investigações. Não me parece crível pelo modus operandi em que agiu Adélio que o atentado à vida do atual presidente tenha sido um mero surto de quem quer que seja.”

Informação RENOVA.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
 
Luzimar Rodrigues