Social Icons

sexta-feira, 8 de maio de 2020

Governo anuncia rodízio de veículos na Grande Ilha a partir desta segunda

Blog do Alex Ramos
O governador Flávio Dino realizou uma coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira (8), e anunciou novas medidas para combater o novo coronavírus no estado. Dentre as medidas foi anunciado o aumento do número de leitos, novos respiradores e hospitais de campanha.

Flávio Dino anunciou que a partir da próxima semana vai limitar a circulação de carros na região metropolitana por meio de um esquema de rodízio. Ou seja, no dia 11, quando a restrição entrará em vigor, carros com placas de final par só poderão rodar em dias pares e veículos com final ímpar, nos dias ímpares. 

O governador afirmou que a medida valerá para os dias 11, 12, 13 e 14 de maio, e tem como principal objetivo diminuir a circulação de carros particulares e aumentar a fiscalização. “A medida não se aplica aos serviços essenciais de saúde, táxis, motoristas de aplicativos não serão alcançados pelo rodízio, mas sim carros particulares. Então se programem”, afirmou o governador. 

Lockdown

Ainda durante a entrevista, o governador apresentou uma redução de mais de 80% na circulação de passageiros nos transportes públicos desde o início do lockdown no último dia 5 de maio.

“Os ônibus que geralmente circulavam com 640 mil pessoas por dia, hoje transporta com cerca de 100 mil passageiros diários, as vezes até menos. o que significa a redução de pessoas na Ilha”, afirma Dino.

Respiradores

Flávio Dino anunciou também a chegada de mais 44 novos respiradores no estado para ajudar no tratamento do novo coronavírus. Os respiradores fazem parte do montante dos 68 respiradores que haviam sido comprados pelo governo do Maranhão, mas estavam bloqueados, e foram liberados pelo STF no mês passado.

O Maranhão já havia realizado a compra de 107 respiradores e adquiriu mais 104 aparelhos no mês de abril.

Leitos

Dino também ressaltou na manhã desta sexta-feira (7), que ultrapassou a meta estipulada de entregar 130 respiradores até o final desta semana e entregou 160 leitos. 

O governador anunciou a ainda a entrega do Hospital Raimundo Lima, no bairro do Monte Castelo, em São luís, com 50 leitos inicialmente exclusivos para auxiliar no tratamento da Covid-19. A prefeitura de São Luís assumirá parte do Hospital Português e também irá auxiliar na abertura do Hospital São José. 

Dino informou também que o Hospital de Campanha que está sendo instalado no Multicenter Sebrae, estará pronto no prazo de 10 dias. Bem como o Hospital de Campanha do município de Açailândia que irá ofertar 100 leitos para ajudar no combate a doença.

O Hospital Macrorregional de Imperatriz também contará com mais leitos, já que o número de casos vem crescendo e a UPA estadual da cidade não está comportando os pacientes. “Nós estamos ampliando os leitos no hospital macrorregional do governo do estado e vamos também instalar um ambulatório para tentar desafogar a UPA do estado”, afirmou.

Feriado

Ainda durante a coletiva, o governador do Maranhão anunciou que irá antecipar o feriado estadual do dia 28 de julho, onde é comemorada a Adesão do Maranhão à Independência, para o dia 15 de maio (sexta-feira) para estender o lockdown que seria será encerrado no dia 14 de maio, próxima quinta-feira.

Coronavírus no Maranhão 

De acordo com novo boletim divulgado pela SES, mais 520 novos casos positivos de Covid-19 foram confirmados no Maranhão. Com isso, sobe para 5909 o número de casos positivos, sendo 330 óbitos e 1534 pessoas recuperadas.

A SES registra ainda 631 profissionais de saúde infectados pelo novo coronavírus no Maranhão. Destes, 568 já estão recuperados. Até o momento, o Maranhão contabiliza 12579 testes para diagnóstico de Covid-19.

Imparcial

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
 
Luzimar Rodrigues