Social Icons

sábado, 31 de outubro de 2020

Conheça a história do ateu que criou o guaraná Jesus

 Blog do Alex Ramos

Jesus Norberto Gomes nasceu em Vitória do Mearim no ano de 1891 e aos 14 anos foi morar em São Luís. Muito jovem trabalhou em uma farmácia onde aprendeu a técnica da manipulação de remédios. Aos 20 anos adquiriu sua primeira farmácia que deu o nome de Pharmacia Sanitária. 

Ali dedicou-se a criar xaropes antigripais e águas gaseificadas. O primeiro Guaraná Jesus tinha sabor amargo e não agradou. Ele, porém, continuou aprimorando a fórmula, até resultar na Kola Guaraná Jesus, de gostosos aroma e sabor. Jesus Gomes morreu em 1963 e para sempre será lembrado como o inventor do famoso Guaraná Jesus. A marca foi comprada pela Coca Cola, que tem o hábito de comprar refrigerantes concorrentes para tirá-los do mercado e evitar a concorrência. Mas devido ao apelo popular e o apreço pela marca, o guaraná continuou sendo vendido.

Já o criador do refrigerante, quem diria, era ateu, tinha fama de comunista e foi excomungado pela Igreja Católica depois de uma briga com um padre. A família conta que, depois de ser exorcizado, Jesus mandou trazer da Alemanha uma série de caras de Fausto (personagem de Goethe que vende a alma ao demônio) e as colocou nas entradas da farmácia, somente para alimentar a lenda. Jesus Norberto Gomes morreu sem retornar à Igreja.

Do Enquanto isso no Maranhão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
 
Luzimar Rodrigues