Social Icons

sexta-feira, 25 de dezembro de 2020

Filho de 23 anos empurra e mata própria mãe

 Blog do Alex Ramos

De acordo com a Polícia Civil, filho assumiu que teria empurrado a mãe, que bateu a cabeça e morreu acidentalmente. Porém, investigação ainda aguarda laudos para definir circunstâncias da morte.

Uma mulher de 43 anos foi encontrada morta em Guarujá, no litoral de São Paulo, e o filho de 23 anos é o principal suspeito de ter envolvimento no óbito da vítima, segundo informou a Polícia Civil ao G1 nesta quinta-feira (24).

Em depoimento, o jovem disse à Polícia que empurrou a mãe, Márcia Lanzane, durante uma discussão e que ela teria caído, batendo a cabeça e morrido em seguida. No entanto, as circunstâncias da morte ainda são investigadas.

Familiares relataram à reportagem que o próprio filho teria ligado para amigos, desesperado, e acionado a polícia, afirmando que encontrou a mãe morta em casa. Inicialmente, ele não teria contado nada aos policiais sobre ter envolvimento no óbito. Segundo a Polícia Civil, a primeira suspeita dos investigadores surgiu ao notarem que Marcia havia morrido muitas horas antes das equipes serem acionadas.

Ainda de acordo com a Polícia, após suspeitarem das circunstâncias da morte, os investigadores foram até a residência da vítima e questionaram o filho, que então confessou que teria sido uma morte acidental após empurrá-la durante uma discussão. Em seguida, segundo ele alegou às autoridades, Marcia teria caído e batido a cabeça.

Durante a investigação, laudos apontaram fratura no pescoço de Marcia, o que poderia indicar sinais de esganadura. O filho negou aos policiais que tenha machucado a mãe desta forma.

Do Folha News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
 
Luzimar Rodrigues