Social Icons

sexta-feira, 2 de julho de 2021

Prefeitura de São Luís rebate denúncia de vacinas vencidas

 Blog do Alex Ramos

Prefeitura de São Luís lançou uma nota na tarde desta sexta-feira (3) afirmando que todas as vacinas contra Covid19 aplicadas no município estavam dentro do prazo de validade. A afirmação veio após a repercussão do levantamento feito pela Folha de São Paulo afirmando que 26 mil doses da vacina AstraZeneca haviam sido aplicadas no Brasil no mesmo estando expiradas. Dessas, 393 doses foram aplicadas em São Luís.


“A Secretaria Municipal de Saúde (Semus) afirma que todas as vacinas contra a Covid foram aplicadas em São Luís dentro do prazo de validade. A Semus informa ainda que não foi notificada pelo Ministério da Saúde ou qualquer autoridade sanitária sobre supostas irregularidades de vacinas e reforça que segue todos os protocolos exigidos, possuindo um procedimento operacional padrão que garante a segurança do processo de vacinação”, diz a nota.

A Semus também afirmou ter checado todos os lotes apontados na reportagem e afirma que todos os lotes foram aplicados dentro do prazo de validade.

A prefeitura da cidade de Maringá (PR), cidade apontada como a que mais vacinou com doses de vacinas vencidas, também se pronunciou. De acordo com o secretário de Saúde de Maringá, Marcelo Puzzi, houve um erro no banco de dados do Sistema Único de Saúde (SUS). “O lançamento no Sistema Conect SUS está diferente do dia da aplicação da dose. Isso porque, no começo da vacinação, a transferência de dados demorava a chegar no Ministério da Saúde, levando até dois meses. Portanto, os lotes elencados são do início da vacinação e foram aplicados antes da data do vencimento. Concluindo, não houve vacinação de doses vencidas em Maringá e sim erro no sistema do SUS”, afirmou em nota.

Do Imparcial

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
 
Luzimar Rodrigues