Social Icons

sexta-feira, 13 de agosto de 2021

Polícia investiga se morte de mulher no Alecrim foi encomendada por atual do assassino

 Blog do Alex Ramos

O crime que vitimou Joice Cilene de Oliveira Vitorino, de 23 anos, no bairro do Alecrim, ganhou um novo capítulo. A família da jovem acredita que a atual companheira do assassino pode ter sido a mandante. A suspeita fez a Polícia Civil iniciar uma nova linha de investigação para esse caso que, até então, está sendo tratado como feminicídio. 


Joice foi morta, a facadas, pelo ex-companheiro, identificado apenas como Vicente. Ela caminhava pela calçada de um estabelecimento na Avenida Presidente Quaresma (conhecida como Avenida 1), quando foi surpreendida pelos golpes de facas pelas costas. A vítima não resistiu e morreu no local. O assassino ainda tentou fugir, mas foi preso pela Polícia Militar poucos minutos depois. Em depoimento à Polícia Civil, ele confessou o crime e informou que ele mesmo comprou a faca utilizada para matar a ex-companheira.


Em entrevista à TV Tropical, o pai de Joice, Dvanaldo, afirmou que, apesar da filha ter sido morta pelo ex-companheiro, o crime foi cometido a mando da atual mulher dele. O tio da vítima confirma a mesma versão e conta que ela vinha recebendo ameaças de morte. Os familiares  também relataram que Joice e Vicente mantinham uma relação amigável, apesar do término. 


A atual companheira do assassino confesso foi ouvida. Em depoimento, ela confirmou que existia um desentendimento entre as duas. Após a oitiva, a mulher foi liberada. Segundo a Polícia Civil, no entendimento do delegado, não foram encontrados elementos suficientes para que a prisão fosse decretada. Ainda de acordo com o delegado, caso seja comprovado o envolvimento dela na morte, a mulher poderá ser indiciada e responder criminalmente. 


Joice deixa três filhos. As crianças, que são fruto de outros relacionamentos, eram sustentadas pela mãe, que vendia doces nas ruas. O velório acontece na noite de quinta-feira (12), na Igreja Pentecostal do bairro Jardim Lola, São Gonçalo do Amarante. O sepultamento deve ocorrer neste sábado (14).


O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil. 


Com informações do Portal da Tropical


Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
 
Luzimar Rodrigues