Social Icons

quinta-feira, 14 de outubro de 2021

VEREADOR É PRESO POR AGREDIR, ARRASTAR E AMARRAR MULHER EM ÁRVORE

 Blog do Alex Ramos

A polícia prendeu e indiciou o vereador de Serranópolis (MG) Adva Avelino de Souza (PSD) sob suspeita de agredir e amarrar uma mulher a uma árvore. Os dois tinham um relacionamento, de acordo com o advogado da vítima. Ele foi levado para o presídio de Porteirinha, no dia 28 de setembro, por acusação de tentativa de feminicídio, informou o delegado André Brandão.

De acordo com as investigações, o parlamentar teria ficado com ciúmes por conta de postagens dela nas redes sociais. Depois teria amarrado a vítima pelo pescoço em uma árvore para asfixiá-la e arrastado ela no chão do terreno. 

A vítima gravou um vídeo e comentou as agressões. "Ele pegou a corda, me puxou e passou a corda aqui [ela diz, apontando para um tronco de árvore]. Eu falei: ‘me solta, moço, solta, não me mata, não'", afirma.

Junto com o suspeito foram encontrados R$ 10.850 em espécie. Segundo Karom Kaiquy Gomes Amaral, advogado do vereador, o dinheiro encontrado seria destinado ao pagamento de uma compra de gado para a propriedade rural do vereador. Ele negou as agressões e disse que o vereador nunca pensou em fugir do município.

"Na verdade, esses fatos são fatos desvirtuados da realidade. Infelizmente, a polícia não investigou de forma correta e a mídia, pelo fato de ser um vereador, acabou distorcendo os fatos. A defesa tem a plena convicção de que o Adva é inocente e iremos demonstrar e provar isso nos autos", afirma Karom.

O PSD de Minas afirmou estar acompanhando a apuração do caso em contato direto com o diretório local. "O Partido Social Democrático de Minas Gerais (PSD-MG) tomou conhecimento do fato pela imprensa e repudia qualquer tipo de violência, principalmente contra mulheres", diz a nota.


As informações foram publicadas em reportagem do jornal Folha de S.Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
 
Luzimar Rodrigues