Social Icons

quinta-feira, 14 de julho de 2022

Suspeito de assassinar auxiliar penitenciário é morto em troca de tiros no interior do Maranhão

 Blog do Alex Ramos

Um cigano identificado como Elialdo da Silva, que é suspeito de ter assassinado o auxiliar penitenciário Uesli Sousa Roland, morreu durante confronto policial, na noite de terça-feira (12), em Governador Nunes Freire, no interior do Maranhão.

O comandante do 31° Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Nelson Pereira, declarou que havia um mandado de prisão em aberto contra Elialdo da Silva pelo assassinato do auxiliar penitenciário. Este crime aconteceu no dia 4 de março deste ano, na cidade de Santa Helena, Baixada Maranhense.

O tenente-coronel ainda informou que na terça-feira (12), a polícia ficou ciente que esse criminoso e mais três ciganos estavam na área central de Governador Nunes Freire onde pretendiam realizar assaltos.

Os militares foram até o local e conseguiram prender três ciganos. Enquanto, Eliado da Silva teria trocado tiros com a polícia, acabou sendo baleado e morreu no hospital desta cidade. Em poder dele, foi apreendida uma arma de fogo.

A polícia informou que Uesli Sousa Roland, de 27 anos, era auxiliar penitenciário e trabalhava no presídio de São Luizinho, na cidade de Pinheiro, interior do Maranhão. Ele desapareceu no dia 4 de março deste ano quando saiu para trabalhar e no dia seguinte foi achado sem vida no povoado Queimadas, zona rural de Santa Helena.

No corpo da vítima havia marcas de tiros, principalmente, nas costas. Ainda no local do crime, havia um capacete e a motocicleta do auxiliar penitenciário. O caso é investigado pela equipe da Delegacia Regional de Pinheiro. (Com informações do Imirante.com) e do JIB 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
 
Luzimar Rodrigues