Social Icons

quarta-feira, 13 de janeiro de 2021

Governo promete aumento no Bolsa Família

 Blog do Alex Ramos

Em dezembro, o presidente da República Jair Bolsonaro foi enfático ao dizer que descarta uma nova prorrogação do Auxílio Emergencial. Bolsonaro declarou também que as discussões em torno do novo programa social estavam suspensas e que o caminho seria apostar no Bolsa Família, que existe desde 2004 e já está consolidado. "Quem falar em Renda Brasil, eu vou dar cartão vermelho, não quero mais conversa. É Bolsa Família. São pessoas necessitadas que precisam desse recurso que, em média está, 190 reais. Tenho falado para a equipe emergencial, vamos tentar aumentar um pouquinho isso daí", disse ele. Até o momento o novo valor do Bolsa Família não foi confirmado, mas a expectativa é que suba para R$ 200 mensais.


Quem também confirmou o aumento no valor do Bolsa Família para 2021 foi o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni. Segundo ministro, a pasta vem estudando algumas mudanças a serem feitas no programa para este ano e a divulgação do novo formato deve sair assim que receber a aprovação de Bolsonaro. Além do aumento no tíquete médio do benefício, que atualmente é de R$ 190 mensais, o novo Bolsa Família deve ser ampliado para atender parte dos beneficiários que deixaram de receber o Auxílio Emergencial. Cerca de 300 mil famílias devem ser incluídas no programa após a modificação.

De acordo com informações, a reestruturação do Bolsa Família deve ocorrer ainda em janeiro por meio de medida provisória. Lorenzoni inclusive já se reuniu com Bolsonaro nesta semana para agilizar o andamento da questão, visto que o governo vem sofrendo grande pressão após o fim do Auxílio Emergencial. No Congresso, a continuação do pagamento do benefício virou pauta de diversos projetos de lei apresentados por parlamentares.

Fonte: Ache concursos


Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
 
Luzimar Rodrigues