Social Icons

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2021

Vocalista do Molejo detalha noite com MC Maylon e revela tudo que fizeram

 Blog do Alex Ramos

O vocalista do grupo Molejo, está sendo acusado de estupro por MC Maylon, de 21 anos, e se pronunciou sobre o assunto detalhando tudo que rolou na noite que os dois ficaram.

Durante uma live com o jornalista Beto Cascardo, ele afirmou que a situação foi com consentimento: “Comi? Comi. Estuprei? Não. Comi, com consenso”. E contou os detalhes com todas as letras.


“O via** colocando aqueles bagão na frente, aqueles bago grande pra caral**, aí eu falei: ‘Compadre?!’. E com o maior bundão… Falei: ‘compadre, esse via**, vou botar no c* dele logo pra acabar essa por** dessa história’”, disparou.


“Aí eu botei no c* dele, pensei que estava até apaixonado pelo c* dele. Aí depois que eu botei no c* dele, com consentimento, normal… Desculpem, não estou reunindo prova contra mim, tô falando a verdade pra vocês”, afirmou.

“Eu não preciso estuprar ninguém não, gente”, completou. Nas redes sociais, o público se revoltou com o seu linguajar. “O jeito que ele falou foi um tanto quanto agressivo”, disparou um internauta.


“Ele respondeu de forma bem baixa”, disse outra. “Não tenho nem palavras para descrever o nível desse homem”, afirmou mais uma. Vale lembrar que o vocalista do Molejo prestou depoimento na 33ª Delegacia de Realengo, no Rio.

A mãe da vítima, Jupira Pinto, de 43 anos, ficou indignada com a situação e afirmou que Anderson Leonardo não tinha outra saída pelo fato dela e de seu filho terem apresentado todas as provas à polícia.


“Como ele vai continuar negando? Entregamos a cueca com o esperma e o sangue dele e o sabonete do hotel. Se ele alega ter tido relação com meu filho de maneira consensual, ele era o quê? Caso do meu filho? Está muito mal contado”, disse.


“Se meu filho fosse caso dele, ele já podia ter falado. Muita gente tem acusado meu filho de querer aparecer na mídia, mas se ele quisesse repercussão, teria falado desde o início que era caso dele. E não foi isso que ele fez. Nós só queremos que a verdade apareça”, exigiu a dona de casa.


MC Maylon negou que vivia um relacionamento amoroso com o cantor e cravou que a declaração foi uma estratégia usada pela defesa: “Eu chamava ele de pai. Ele não é bissexual, gay, ele é hétero”.


“Essa declaração de que ele manteve relação sexual comigo de forma consensual foi uma estratégia da defesa dele. E isso não vai dar em nada”, completou. As informações são da revista Quem.


“Todos os meus amigos sabiam do meu sonho de casar virgem”, pontuou Maylon. “Depois de tudo o que aconteceu, entrei em depressão. Desde que o denunciei, 4 psicólogas me procuraram e já estão conversando comigo”, declarou.

Para confirmar o estupro, o dançarino foi até o IML e marcou com um médico para confirmar as lesões. “Já tenho consulta marcada no dia 16. Não tenho plano de saúde, sou de família humilde. Não sei como vai ser”, desabafou.


Mais uma vez, Jupira apontou que a fala de Anderson Leonardo foi provocada pelo medo.

“Ele não tinha saída. A saída era assumir que fez. Já tem tantas provas na mão da polícia e ele não ia poder continuar negando que fez. Mas só a Justiça e os exames vão comprovar que meu filho está certo. A cueca tinha esperma dele e sangue. Vai colher sangue de um de e de outro, vai fazer DNA. Ele não tem como fugir”.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
 
Luzimar Rodrigues