Social Icons

domingo, 27 de junho de 2021

Em Chapadinha, desafetos podem ter executado jovem com 12 tiros, aponta a polícia

 Blog do Alex Ramos

A Polícia Civil do Maranhão, do 1° Distrito Policial de Chapadinha, a 170 quilômetros de São Luís, investiga o assassinato do jovem Rodrigo Souza Pontes, de 26 anos, ocorrido no final da noite da última quarta-feira (23). A vítima morreu na MA-034, no bairro Boa Vista, em Chapadinha.

De acordo com informações apuradas pela polícia, o jovem trafegava na região em uma Honda Pop, quando teria sido abordado por cerca de dois elementos que atiraram várias vezes.

”Os autores efetuaram vários disparos, o homem conseguiu correr do local, mas logo foi alcançado novamente; nesse momento, os suspeitos atiraram outras vezes nele. Pelo menos 12 tiros acertaram a vítima que morreu no local”, explicou o delegado Fábio Henrique Braga, do 1° Distrito Policial de Chapadinha.

Segundo levantamento, Rodrigo Souza tinha passagens na polícia por tráfico de drogas, roubo a banco, associação criminosa e era investigado por envolvimento em três homicídios. Recentemente a vítima havia deixado o Sistema Prisional na condição de Liberdade Provisória determinada pela Justiça.

O delegado Fábio Henrique pontuou que trabalha a princípio com duas linhas de investigação. ”Como a vítima integrava uma facção criminosa, ele tinha muitos inimigos, até por conta das inúmeras passagens pela polícia. Pelas características do crime, estamos trabalhando com uma possível execução, envolvimento com o tráfico de drogas ou por facções rivais. Tudo está sendo investigado, para chegarmos à autoria do crime”, concluiu.

As investigações contra Rodrigo Souza tiveram início em 2018, quando ocorreram homicídios no município, cuja a principal motivação seria disputa pelo tráfico de drogas entre grupos rivais. De lá pra cá a vítima vinha respondendo por diversos crimes.

 Do JIB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
 
Luzimar Rodrigues