Social Icons

quarta-feira, 23 de agosto de 2023

Homem achado em mala foi morto a marteladas durante encontro marcado por aplicativo, diz delegada

 Blog do Alex Ramos 

Ronieverson Pedrozo Lopes, de 36 anos, foi morto a marteladas após marcar um encontro por aplicativo de relacionamento e se desentender com o suspeito do crime, afirmou a delegada responsável pelas investigações nesta terça-feira (22). Funcionário do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná (Hemepar), Roniverson foi dado como desaparecido no último dia 17 e encontrado morto dentro de uma mala nesta segunda (21).


De acordo com uma testemunha, o homem foi visto pela última vez no final da tarde do dia 17, ao deixar o trabalho em um veículo Peugeot. Um colega de trabalho afirmou ainda que Roni – como era conhecido – “saiu muito agitado” após conversar com alguém pelo celular. Ele atuava como técnico administrativo na unidade vinculada à Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

 delegada Camila Ceconello relatou que o suspeito pelo crime, que está preso, foi identificado após a polícia analisar o celular e o computador da vítima. “Durante as diligências, rapidamente foi percebido que a vítima havia se comunicado com um rapaz pouco antes de desaparecer e marcado um encontro na casa dele”, disse.

O suspeito, de 21 anos, foi identificado e ouvido na delegacia, onde confessou ter se encontrado com Roni e o matado com golpes de martelo na casa em que mora, no bairro Cajuru. “Ele disse que ambos tiveram um desentendimento durante o encontro”, afirmou Ceconello. “A motivação foi um desajuste num acordo sexual entre eles”, acrescentou a delegada Iara Dechiche.

Fonte: Portal Seridó 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
 
Luzimar Rodrigues